segunda-feira, 25 de março de 2013

Xangô Rezado Alto foi às ruas numa grande mobilização contra o racismo e a todo tipo de discriminação


Na última quinta (21), Dia Internacional do combate à Discriminação Racial, a Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL) realizou a segunda edição do projeto Xangô Rezado Alto, que celebra a memória do evento ocorrido em 1912, quando as casas de axé de Maceió, foram destruídas por uma milícia armada.



Neste ano foi realizado um cortejo que saiu da Praça Dom  Pedro II (da Assembleia) percorrendo as ruas do centro de Maceió até a Praça Sinimbú, onde ocorreu uma pequena solenidade e depois aconteceram diversas apresentações artísticas.





Vários grupos participaram do cortejo, como: Coletivo AfroCaeté, Projeto Inaê, Batuque Yá, A Corte de Ayrá, dentre outros.

Atrações artísticas:

- Afoxé Ofá Omim
- Apresentação artística do Projeto Inaê
- Coletivo AfroCaeté
- Afoxé Odô Iyá
- Grupo de Coco Bongar (PE)
- Acorte de Airá
- Jorge Riba (PE)




















Durante a apresentação do Afoxé Ofá Omim, Pai Célio, do Afoxé Odô iyá, o mais antigo de Alagoas e Mãe Neide, realizaram o batismo do Ofá Omim, o mais novo e único afopxé da Zona Sul de Maceió.

















O grupo de coco Bongar, deu um show à parte e pôs todos para dançar. Em seguida foi a vez do Maracatu ACorte de Ayrá e do sambista pernambucano Jorge Riba, que encerrou a noite.















Um comentário:

  1. Oi,
    Pesquisei o seu blog e pude ver que vocês fazem um trabalho bonito e sério.
    Por essa razão sugiro que assistam as previsões de Aline, da Cidade das Pirâmides, para o ano de 2013.
    São três programas imperdíveis. Confiram http://youtu.be/hJV1qZWTtF0 .
    Caso desejarem visitem também o nosso Blog:
    http://deolhonomundoblog.wordpress.com/ Divulguem e falem com Aline!
    Abraços.

    ResponderExcluir